ORAÇÃO: A FORÇA VITAL DO REAVIVAMENTO – Comentário à Lição 2 (06 a 13/07/2013)

O Senhor todo-poderoso convida o Seu povo a orar a Ele.
Oração a Deus deve ser feita em fé (Tiago 1:5); de acordo com a vontade de Deus (Mateus 6:10); persistente (Lucas 18:1); com ação de graças (Filipenses 4:6);   para a glória de Deus (João 14:13-14) e de um coração correto diante de Deus (Tiago 5:16)
Giovanni_Bellin-Agony_in_the_Garden

VERSO ÁUREO: “Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhas pedirem?”
Mateus 7:11

INTRODUÇÃO: Deus age poderosamente quando o Seu povo ora. Esses dias conversando com alguém sobre a situação conturbada pela qual passa o mundo, disse que Deus deixou-nos claro que devemos orar pelas autoridades para termos uma vida tranquila e sossegada, como vemos:  “Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens, pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade.”( I Timóteo 2:1-2). Até certo ponto alguns governos vivem desorientados porque poucos cristãos oram por eles.

Nos outros aspectos da nossa vida como trabalho; família, casamento, saúde, paz interior etc… quando oramos, vemos a ação de Deus agindo em nós de forma maravilhosa! Uma vida de oração tem outra vertente importante; é que quando estamos em aflição, passamos por isso com segurança e com uma certa paz, pois sentimos Deus conosco.

Jesus, deixou-nos o maior exemplo de uma vida de oração. Veja estes textos: “E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava.” Marcos 1:35

“Daniel, pois, quando soube que o edito estava assinado, entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer.” Daniel 6:10

“De tarde e de manhã e ao meio dia orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz.” Salmos 55:17

“Só podemos esperar um reavivamento em resposta à oração.” ME Vol. 1, 121.

“A oração particular é, porém, a comunhão secreta com Deus que sustenta a vida da alma.” Educação. 258.

A maioria das pessoas só ora quando sobra tempo, ou quando estão em sérios apuros; infelizmente essa é a nossa realidade espiritual. A oração é um ministério, por isso é imperioso que cada um de nós tenha o seu próprio ministério de oração de intercessão. Faça a sua lista pessoal e apresente-a a Jesus todos os dias de manhã e à tarde.

A medicina moderna declaradamente reconhece o poder terapêutico das orações. Por esse aspecto a oração serve até para derrubar tabus e preconceitos. A oração é o veículo mais rápido de acesso ao coração de Deus e das pessoas necessitadas. O fato é que nós precisamos orar muito mais. Com uma vida intensa de oração a possibilidade de termos plena saúde é imensa.

“Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.” Tiago 5:16.

DOMINGO (7 de julho) ORAÇÃO E REAVIVAMENTO NO LIVRO DE ATOS – Os crentes relatados no livro de Atos estavam cheios do poder do Espírito Santo e realizavam coisas maravilhosas para Deus.

Em Atos 2 encontramos e explosão de crescimento que aconteceu na igreja depois do Pentecostes. Sem dúvidas que o Pentecostes foi um acontecimento importante e providenciado por Deus para proporcionar o início do Cristianismo.

A Bíblia menciona assim: “De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas.” Atos 2:41

“Muitos, porém, dos que ouviram a palavra creram, e chegou o número desses homens a quase cinco mil.” Atos 4:4

Qual foi a razão deste crescimento espantoso dos eguidores de Cristo? Foi a vida de oração que o povo de Deus levou.

Veja estes textos: “E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar.” Atos 2:1

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.” Atos 2:42

“E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.” Atos 2:44.

Havia unidade, momentos de louvor, consagração, entrega a Deus e muita oração. Por que eu tenho que dedicar tempo à oração pessoal? Qual é a importância da oração na minha vida cristã se eu tenho tantas outras coisas para fazer na correria do dia-dia?

“… A oração é a chave nas mãos da fé para abrir o celeiro do céu…” Caminho a Cristo, 95.

A oração é o nosso maior recurso espiritual disponível aos filhos e filhas de Deus. A oração é a nossa maior possibilidade para conhecermos a intimidade de Deus. É exatamente isso que diz o Salmista: “A intimidade do Senhor é para os que O temem, aos quais Ele dará a conhecer a sua aliança.” Salmo 25:14. A nossa obediência é o caminho mais seguro para nos tornarmos íntimos de Deus; conhecendo assim, as formas de Deus se relacionar com aqueles que Ele ama.

Por que eu devo orar se Deus sabe todas as coisas? “Faz parte do plano de Deus conceder-nos, em resposta à oração da fé, aquilo que Ele não outorgaria se o não pedíssemos assim.” Grande Conflito, 525.

SEGUNDA-FEIRA (8 de julho) A VIDA DE ORAÇÃO DE JESUS – É curioso que Jesus tinha uma vida muito ocupada em atender as necessidades das pessoas; mas, mesmo assim, é dito que Ele levantava de madrugada para orar, e as vezes, passava noites inteiras em oração.

Veja estes textos: “E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava.” Marcos 1:35

“Ele, porém, retirava-se para os desertos, e ali orava.” Lucas 5:16

“E aconteceu que, estando ele só, orando, estavam com ele os discípulos; e perguntou-lhes, dizendo: Quem diz a multidão que eu sou?” Lucas 9:18

“O dia todo labutava Ele..e na vigília da noite, ou cedo de manhã, saía para o santuário das montanhas, em busca de comunhão com Seu Pai. Passava, por vezes, a noite inteira a orar e meditar, voltando ao raiar do dia ao Seu trabalho entre o povo.” D.T.N 259 e 260

“Numa vida toda dedicada ao bem dos outros, o Salvador achou necessário.., buscar sossego e ininterrupta comunhão com o Pai. .. Em comunhão com Deus, podia aliviar as dores que O esmagavam. Ali encontrava conforto e alegria.” O Desejado de Todas as Nações, 362 e 363.

Sobre que temas Jesus orava e o que isso quer nos dizer? 1) Ele orava para que todos fossem unidos em amor e propósito de servir Deus. Ver João 17:20-23. 2) Jesus orava de forma intercessora por todos: “Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos.” Lucas 22:31-32. 3) Ele orava para que a vontade de Deus fosse feita em todos os aspectos conforme vemos: “E, indo segunda vez, orou, dizendo: Pai meu, se este cálice não pode passar de mim sem eu o beber, faça-se a tua vontade.” Mateus 26:42

Como vai a sua vida de oração? Você tem uma lista de pessoas por quem orar?

TERÇA-FEIRA (9 de julho) ORANDO JUNTOS – Este é o texto principal para hoje:

“Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus. Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18:19-20

A oração em conjunto tem um poder maravilhoso. Embora Jesus tivesse passado em oração particular, Ele sempre convidada os discípulos para estar em oração com Ele. Ver Mateus 17: 1 e 2 e Lucas 22: 39-46

Em Atos 12: 1-16 relata a história da igreja que sofreu perseguição dos romanos e relata que Tiago foi morto pela espada e muitos foram discriminados por causa da fé. Mas em resposta a oração da igreja, Pedro foi protegido, como vemos no texto a seguir: “Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. E quando Herodes estava para o fazer comparecer, nessa mesma noite estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão. E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro na ilharga, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias. E disse-lhe o anjo: Cinge-te, e ata as tuas alparcas. E ele assim o fez. Disse-lhe mais: Lança às costas a tua capa, e segue-me. E, saindo, o seguia. E não sabia que era real o que estava sendo feito pelo anjo, mas cuidava que via alguma visão.” Atos 12:5-9.

Veja estes outros textos: “Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união. É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla das suas vestes. Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião, porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre.” Salmos 133:1-3.

Os grifos acima refletem a necessidade de estarmos unidos na igreja como irmãos. Quando estamos na igreja, recebemos uma bênção especial que já foi ordenada por Deus. As reuniões de sábado são importantes, pois o sábado pertence a Deus e não a nós. Mas como filhos de Deus, precisamos também de participar das reuniões de oração promovidas pela igreja, como; os cultos de oração, vigílias e outros momentos de consagração.

Encontramos estes três importantes textos do Espírito de Profecia sobre a necessidade do crente participar dos cultos de oração e também de orarem de forma unida:

“Os que estão realmente buscando a comunhão com Deus, serão vistos nas reuniões de oração, fiéis ao dever.” Caminho à Cristo, 98

“A promessa é feita com a condição de que sejam oferecidas pela Igreja orações unidas, e em resposta a estas orações, poder-se-á esperar um poder maior do que aquele que vem em resposta à oração privada. O poder dado será proporcional à unidade dos membros e do seu amor por Deus e uns pelos outros.” – Carta 32, 1903,5 aos irmãos Farnsworth, a 28 de Janeiro de 1903.

“Os irmãos devem colocar-se ao lado uns dos outros, unindo as suas orações junto ao trono da graça, para que consigam mover o braço do Onipotente. O céu e a terra estarão então intimamente ligados na obra, e haverá alegria e júbilo na presença dos anjos de Deus.” Fundamentos da Educação Cristã, 210.

QUARTA-FEIRA (10 de julho) NOSSA LIBERDADE – Deus criou-nos com a capacidade de fazermos escolhas. Uma escolha que fazemos está relacionada com a nossa vida de oração. Podemos escolher orar ou não. Quem não ora, leva uma vida instável, vazia e carnal; já aquele que ora, sente a plenitude do Espírito Santo a atuar em sua vida. Quando estamos em oração escolhemos deixar Deus reger a nossa vida, e não os nossos gostos, preferências e escolhas carnais.

Este é o texto sugerido para o estudo de hoje: “Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas. Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo.” II Coríntios 10:3-5

Veja o conselho de Deus para nós: “Orai sem cessar.” I Tes. 5:17.

A palavra “orai” está no modo verbal imperativo. Portanto, é um mandamento de Deus, e é uma ordem expressa. Orar não é uma opção sua, é uma “obrigação” de cada cristão sincero e que quer morar com Jesus. Ver Lucas 18:1. Alguns só oram quando sobra tempo, ou quando estão em sérios apuros; infelizmente essa é a realidade espiritual de alguns.

Olha o que disseram esses teólogos americanos sobre a nossa performance de oração:

“Oramos pedindo respostas rápidas para problemas que levamos anos a criar.” Lloyd John Ogilvie.

“Algumas pessoas tratam a Deus como a um advogado, Só O procuram quando estão em apuros.” Billy Graham

Olhe bem para a expressão bíblica “sem cessar”; só há uma atividade na nossa vida que nós fazemos sem cessar; é respirar, ou seja; tão importante como é o oxigênio para os nossos pulmões, assim é a oração para a sua alma.

“A oração é a respiração da alma. É o segredo do poder espiritual.” Mensagens aos Jovens, 249.

Temos a liberdade de não orar, mas também Deus tem a liberdade de dar-nos apenas aquilo que Ele dá à todas as pessoas: O ar, o sol e a chuva. Agora, quanto aos mistérios dos Céus e as suas ricas bênçãos, Ele só dá àqueles que lhe são íntimos: “O segredo do Senhor é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança.” Salmos 25:14

QUINTA-FEIRA (11 de julho) ORAÇÃO EFICAZ – A lição de hoje apresenta alguns pontos para que a oração seja atendida. Estes são os textos sugeridos pelo autor da lição, o pr. Mark Finley:

“Louvarei ao Senhor em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca.” Salmos 34:1

“Aquele que oferece o sacrifício de louvor me glorificará; e àquele que bem ordena o seu caminho eu mostrarei a salvação de Deus.” Salmos 50:23

“Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos.” Salmos 67:3

“Por ti tenho sido sustentado desde o ventre; tu és aquele que me tiraste das entranhas de minha mãe; o meu louvor será para ti constantemente.” Salmos 71:6.

Quando estamos em constante louvor a Deus, as nossas orações sobem e são mais facilmente atendidas. Mas há outros pontos interessantes também que precisam ser obedecidos. Por exemplo: a melhor posição para orar é de joelhos, mas podemos orar em pé ou em outra posição também.

Vejas algumas condições para as nossas orações serem atendidas: 1) Eliminar os pecados. “Se eu acalentasse o pecado em meu coração, o Senhor não me ouviria.” Salmo 66:18. Pecados acariciados impedem a atuação do poder de Deus em nossa vida; isso nos separa de Deus Ver Isaías 59:1, 2. Você não pode agarrar o pecado com uma mão e buscar a ajuda divina com a outra. Uma confissão e arrependimento sinceros solucionam esse problema. Se não estivermos dispostos a permitir que Deus nos liberte dos pensamentos, palavras e atos maus, nossas orações não serão eficientes. 2) Não orar por motivos egoístas. “Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres.” Tiago 4:3. Deus não vai responder “sim” às suas orações egoístas. 3) Guardar a lei de Deus. Mantenha os ouvidos abertos à lei de Deus e à Sua vontade, e Ele manterá os ouvidos abertos às Suas petições. “Se alguém se recusa a ouvir a lei, até suas orações são detestáveis.” Provérbios 28:9. 4) Orar de acordo com a vontade de Deus. “E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. 5) Ter fé. Outro elemento da oração genuína é a fé. ‘É necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe, e que é galardoador dos que O buscam.” Heb. 11:6

SEXTA-FEIRA (12 de junho) LEITURA COMPLEMENTAR – O que é a oração? “A oração é o abrir do coração a Deus como a um amigo.” Caminho a Cristo, 93

“A oração é a chave nas mãos da fé para abrir o celeiro do Céu, onde se acham armazenados os ilimitados recursos da Onipotência.” C. C., 93

Deus responde àqueles que pedem por Sua presença e poder em suas vidas. “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos.” Mateus 5:6.

Veja estes textos: “Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens.” I Timóteo 2:1. Deprecar é pedir com insistência, com instância, humilde e submissão.

“Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos.” Efésios 6:18

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de

Deus pela oração e súplica, com ação de graças.” Filipenses 4:6

Nenhum pecador é salvo sem nunca ter orado e sem outros terem orado por ele; e nenhum crente é santificado sem nunca ter orado e sem outros terem orado por ele, sem uma vida de oração. Às vezes a oração pode ser longa como a de Salomão em I Rei 8:23-53, ou curta como a de Pedro em Mateus 14:30: “Senhor, salva-me.” Mas, de qualquer modo, a oração tem que ser exercitada, e muito, muito exercitada na vida daqueles que estarão salvos!

Alguém disse-me assim: “Sou cristã há onze anos, porém ainda não sei orar, e gostaria de aprender.” A maioria dos cristãos tem necessidade de aprender a orar. E nunca chegarão à maturidade espiritual se não o fizerem. Na verdade a oração é o único meio provido por Deus para estarmos em comunhão com Ele, o Criador do Universo. Todos os problemas que temos em nossa vida cristã: falta de fé, indiferença, mornidão, pouca vontade de ler a Bíblia, tem como base nossa debilidade na oração. Por outro lado, nós só vamos sentir o desejo de aprender a orar quando compreendermos ser a oração o segredo da vitória.

fabiodeps@gmail.com

 

Anúncios

, , , , , , , , , , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • ” Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” Apocalipse 1:3

  • “Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom.” 1 Tessalonicenses 5:20-21.

  • "Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.
    E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;
    E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne."
    Judas 1:21-23

%d blogueiros gostam disto: