JESUS, PROVEDOR E MANTENEDOR – RESUMO E COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 8 (16 a 23/02 de 2013)

Primeiro o Espírito, depois o testemunho da verdade através da renovação pessoal e da aplicação do sermão à vida pessoal. FÉ é mais do que confiança em Cristo. Fé é compromisso com o Cristo vivo, que transforma a nossa vida.
“Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” 
Mateus 6:33-34
Glorificação de Cristo - Fra Angelico“Adquirindo conhecimento terrestre, os homens têm julgado obter um tesouro; e têm posto à margem a Bíblia, ignorando que ela encerra um tesouro que vale tudo o mais. A falta do estudo da Palavra de Deus e da obediência a ela, tem trazido confusão ao mundo. Os homens têm deixado a proteção de Cristo pela do grande rebelde, o príncipe das trevas. Fogo estranho se tem misturado ao fogo sagrado. A acumulação de coisas que fomentam a concupiscência e a ambição, tem trazido sobre o mundo os juízos do Céu.”
Conselhos a Professores, Pais e Estudantes, pg. 440

VERSO ÁUREO: “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.” Filipenses 4:19

A lição de hoje menciona um pouco sobre a criação mas fala, especialmente e de forma mais abrangente, da manutenção do universo pela Divindade. A criação de Deus é tão perfeita que o universo pode ser comparado a uma máquina que Deus deixou a funcionar automaticamente. Tudo que foi criado depende de Deus.
Os deístas pensam assim: “Deus criou o mundo mas o abandonou a mercê da sua própria sorte.” Como engenheiros de relógios criam relógios, mas nunca mais entram em contato com eles, assim Deus criou o mundo e o abandonou, dizem eles. Sabemos que não é assim. Embora sentimos os efeitos diretos do pecado na nossa vida, sabemos que Deus controla o nosso destino e os ventos da maldade para que o planeta não seja destruído antes do tempo de Deus.

Sabemos que nada foi criado por acaso. Tudo foi planejado e criado através das mãos e palavras de Deus. Não temos dúvidas que Cristo seja Deus. A Divindade até tomou o cuidado de deixar textos chaves sobre a divindade de Jesus, para não ficar dúvidas na mente de nenhuma pessoa, como vemos: “Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.” Colossenses 1:16-17

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.” João 1:1-3

Sendo que todas as coisas foram criadas por Deus, a humanidade; quer algumas pessoas queiram ou não, está envolvida neste processo da criação e manutenção. Tudo o que existe no Universo foi criado por Deus, é sustentado por Ele e subsiste por Seu poder, porque Ele tem um propósito para cada coisa e pessoa. Somente em Deus descobrimos a nossa origem, nossa identidade, nosso sentido, nosso propósito, nosso significado, nosso destino. Qualquer outro caminho conduz para à morte.

Veja este texto: “Nele fomos também escolhidos, tendo sido predestinados conforme o plano daquele que faz todas as coisas segundo o propósito da sua vontade.” Efés. 1:11

DOMINGO (17 de fevereiro) – O MANTENEDOR – Estes são os textos para a leitura de hoje: “O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas.” Hebreus 1:3

“Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.” Colossenses 1:16-17.

O nosso Deus, definitivamente, não sai de férias. Ele não se cansa como nós cansamos. Ele trabalha para aqueles que nele esperam. “Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com os ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu outro Deus além de ti, que agisse em favor daquele que nele espera” Isaias 64:4.

Ele está perto de todos os que O invocam e o fazem de verdade. É impressionante como Deus, nosso Pai, Se importa conosco e está presente onde Ele quer estar. Ele é o nosso provedor e protetor na pessoa do Filho. Não é homem para ficar estressado. O Seu interesse é sempre revelar-Se à humanidade por meio da Sua Palavra, em Jesus Cristo, na nossa consciência e na natureza criada que manifesta a Sua glória. Ele não só criou como mantém todas as coisas segundo a Sua soberana vontade. Ele não se agrada com o caos, mas com a ordem. O nosso coração deve descansar na Sua fidelidade e ser renovado pala presença de Cristo em nós.

Veja como estes textos falam da nossa dependência de Jesus: “Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele.” I Coríntios 8:6

“Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração.” Atos 17:28

Considere isso: Se Deus é capaz de manter todos os astros funcionando em perfeita ordem e simetria, Ele também é capaz de manter Seus queridos filhos livres de praticar os pecados da vida antiga de pecados, conservar as famílias cristãos unidas, e Sua igreja vigorosa e fiel anunciando a breve volta de Jesus Cristo.

SEGUNDA-FEIRA (18 de fevereiro) –  GENEROSO PROVEDOR – Quando falamos em provisão Divina, logo pensamos em alimentos; abrigo e conforto. Mas, a provisão que Deus deseja promover para a humanidade está para além das necessidades básicas do ser humano. Deus quer atender também os aspectos emocionais e espirituais. É pena que muitos preferem receber apenas o básico e excluem Deus nos outros níveis. É por isso que alguns agem simplesmente como animais.

Necessidades básicas supridas: “E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento. E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi.” Gênesis 1:29-30.

Necessidades emocionais supridas: “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.” Gênesis 2:24. Para além do matrimônio Deus deixou os pais, irmãos, parentes, familiares, amigos e o trabalho para termos as necessidades emocionais satisfeitas.

Necessidades espirituais supridas: “E me farão um santuário, e habitarei no meio deles.” Êxodo 25:8. Para além da conversa livre que Adão e Eva tinham com Deus no jardim, dos altares de sacrifício que cada família erigia, Deus pediu para Moisés construir uma igreja no deserto para poder Se comunicar com o Seu povo. O aspecto espiritual sempre esteve em evidência através dos séculos. Pois Deus quer prover esta necessidade que o ser humano tem.

Como os seguintes textos mostram o carinho que Deus tem para conosco? “E é Ele quem suprirá todas as necessidades que vocês têm, por meio das Suas riquezas na glória, por causa do que Jesus Cristo fez por nós.” Filp.4:19

“O Senhor é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.” Salmos 23:1-6

TERÇA-FEIRA (19 de fevereiro) –  MAL NATURAL – A lição de hoje tenta responder a seguinte pergunta: “Se Deus criou um mundo tão lindo e perfeito, por que há tantos males, inclusive na natureza?”

A maldição pronunciada à Adão e Eva, após o pecado, pode ajudar a explicar um pouco, como vemos: “E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo.” Gênesis 3:17-18
Certamente que a desobediência dos nossos pais, trouxe consequências, não apenas para o ser humano, como também para todas as criaturas e toda a natureza.

O que dizer dos terremotos, furações, secas e inundações? Todos os problemas que afligem a humanidade, mesmo aqueles que reputamos como naturais, são consequência da quebra da aliança eterna que o homem estabeleceu com Deus como vemos em Isaías: “A terra pranteia e se murcha; o mundo enfraquece e se murcha; enfraquecem os mais altos do povo da terra. Na verdade a terra está contaminada por causa dos seus moradores; porquanto têm transgredido as leis, mudado os estatutos, e quebrado a aliança eterna. Por isso a maldição tem consumido a terra; e os que habitam nela são desolados; por isso são queimados os moradores da terra, e poucos homens restam. Pranteia o mosto, enfraquece a vide; e suspiram todos os alegres de coração. Cessa o folguedo dos tamboris, acaba o ruído dos que exultam, e cessa a alegria da harpa.” Isaías 24:4-8

Quando vemos que o sofrimento humano é decorrente da quebra das leis estabelecidas por Deus é mais fácil entendermos as coisas: “O universo baseia-se em leis. O universo e a ordem dependem das leis estabelecidas por Deus.” Aquele que desobedece a lei da gravidade, por exemplo, e se atira de um prédio alto, fatalmente irá morrer. A destruição do planeta pela ação do homem; como o desmatamento e queimadas, emissão de dióxido de carbono pelos automóveis e gases pelas indústrias e fábricas, rompem a camada de ozónio, e causa desastres naturais; como: furacões, tempestades e enchentes. É claro que outras interferências na natureza têm a permissão de Deus, e a ação direta do inimigo como vemos a seguir:

“É chegado o tempo em que haverá no mundo tristeza que nenhum bálsamo humano pode curar. O Espírito de Deus está sendo retirado. Catástrofes por mar e por terra seguem-se umas às outras em rápida sucessão. Quão frequentemente ouvimos de terremotos e furacões, de destruição pelo fogo e inundações, com grandes perdas de vidas e propriedades! Aparentemente essas calamidades são caprichosos desencadeamentos de forças da natureza, desorganizadas e desgovernadas, inteiramente fora do controle do homem; mas em todas elas pode ler-se o propósito de Deus. Elas estão entre os instrumentos pelos quais Ele busca despertar a homens e mulheres para que sintam o perigo. Profetas e Reis, 277

“Nos acidentes e calamidades no mar e em terra, nos grandes incêndios, nos violentos furacões e terríveis saraivadas, nas tempestades, inundações, ciclones, ressacas e terremotos, em toda parte e sob milhares de formas, Satanás está exercendo seu poder.” Conselhos Sobre Saúde. 461

Os filhos de Deus não precisam temer: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16

QUARTA-FEIRA (20 de fevereiro) – GOVERNANDO UMA CRIAÇÃO CORROMPIDA – Como os seguintes textos mostram o cuidado de Deus para com o mundo caído? “Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.” Mateus 5:45

“Tu visitas a terra, e a refrescas; tu a enriqueces grandemente com o rio de Deus, que está cheio de água; tu lhe preparas o trigo, quando assim a tens preparada. Enches de água os seus sulcos; tu lhe aplanas as leivas; tu a amoleces com a muita chuva; abençoas as suas novidades.” Salmos 65:9-10

O egoísmo humano tem impedido, muitas vezes, de pessoas terem acesso aos recursos que a terra produz. Lugares secos podem ser irrigados e dar condições de vida para pessoas e animais daquelas regiões. Pessoas podem ser remanejadas para outras regiões para viverem de forma mais adequada. A despeito disso, o amor de Deus e o Seu interesse pela humanidade, animais e vegetação encontra uma expressão além de nossa limitada compreensão, quando avaliamos a Sua maneira de abençoar as criaturas rebeldes e dominadas pela incredulidade. Ele envia o Sol para beneficiar toda a criação, independente de O reconhecer como pai e soberano. Envia a chuva para regar e fertilizar o solo para produzir colheitas em abundância.

A meu ver, o maior cuidado que Deus tem para com a humanidade está em procurar restaurar, no ser humano, a Sua imagem depois de tantos séculos e milênios de pecados e sofrimento. Quando Jesus viveu aqui foi em um tempo que as pessoas passavam por uma grande miséria. Havia pessoas endemoninhadas nas ruas, pessoas doentes e sem médicos para tratá-las. Ele veio “na plenitude dos tempos” Gálatas 4:4

Hoje não é diferente dos dias de Cristo, temos visto muitas pessoas, famílias e governos em sérias dificuldades. E Deus tem enviado missionários para países que não são cristãos e vivem em situações humanas muito longe da vontade de Deus. Tem permitido pessoas cristãos serem colocadas em alguns governos, a semelhança de José do Egito e Daniel em Babilônia. Tem colocado cônjuges santificados para controlar famílias desgovernadas, filhos santificados para conduzirem pais ao Senhor. Igrejas estão pregando o evangelho com poder, e pessoas tem aceitado o Senhor Jesus. Mas haverá um dia que os ventos da maldade serão soltos.

Veja estes textos: “Anjos acham-se hoje a refrear os ventos das contendas, para que não soprem antes que o mundo haja sido avisado de sua condenação vindoura; mas está-se formando uma tempestade, prestes a irromper sobre a Terra; e, quando Deus ordenar a Seus anjos que soltem os ventos, haverá uma cena de lutas que nenhuma pena poderá descrever. Educação, pág. 179.

“A glória de Deus é ser misericordioso, cheio de clemência, benignidade, bondade e verdade. Mas a justiça manifestada em punir o pecador é tão verdadeiramente a glória do Senhor como a manifestação de Sua misericórdia.” Review and Herald, 10 de março de 1904.

“Aquele que tem sido nosso Intercessor; que ouve todas as orações e confissões dos penitentes; que é representado com um arco-íris, o símbolo de graça e amor, por cima da cabeça, em breve cessará Sua obra no santuário celestial. A graça e a misericórdia descerão então do trono, e a justiça tomará o seu lugar. Aquele a quem Seu povo tem esperado assumirá a função a que tem direito, a de juiz supremo.” Review and Herald, 1º de janeiro de 1889.

QUINTA-FEIRA (21 de fevereiro) – PROVEDOR PARA UMA CRIAÇÃO DANIFICADA – Deus é eterno em Seus desígnios, e quer sempre o bem dos Seus filhos. Além de Deus prover as necessidades primárias das pessoas, Ele incute esperança de vida eterna, que pela fé na graça de Deus por meio da morte de Cristo Jesus, todos podem alcançar.

Este é o texto para hoje: “Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?” Mateus 6:26
Como o seguinte texto pode ajudar-nos a lidar com as duras realidades da vida? “E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele quem pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.” Mateus 10:28

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.” I Pedro 5:7
A Bíblia está completamente cheia de sinais do maravilhoso cuidado de Deus pelo Seu povo. Durante a caminhada de quarenta anos de Israel pelo deserto, eles comeram alimento do céu. Ver Êxodo 16:4, tiveram suprimento de água inesgotável. Ver I Coríntios 10:4, e foram equipados com sapatos que nunca se gastavam. Ver Deut. 29:5. Acontece o mesmo na nossa jornada espiritual. Para provar isso, o Senhor lembra-nos como Seu cuidado por nós é muito maior do que o Seu cuidado pelos pássaros, flores e animais. Ele fala das aves, por exemplo. Ele supre a sua comida, já vimos em Mat. 6:26. Nenhum dos passarinhos está esquecido diante de Deus. Ver Luc. 12:6. Nenhum deles cai ao chão sem o Seu conhecimento. Ver Mat. 10:29.

Certa vez H. A. Ironside disse: “Deus assiste ao funeral de cada passarinho.” A moral da história, claro, é que para Ele temos mais valor do que muitos passarinhos. Se Deus veste os lírios do campo mais lindamente do que alguma vez Salomão se adornou, Ele nos vestirá também. Se Ele faz provisão para o cuidado dos animais, muito mais cuidará das nossas necessidades.

Deus incute e mantém esperança no coração da humanidade sofrida: “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens.” I Cor. 15:19

“Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo.” Filipenses 3:20

SEXTA-FEIRA ( 22 de fevereiro) ADICIONAL – A Palavra de Deus deve ser o guia seguro para explicar a respeito da criação, manutenção e destino deste planeta que está arruinado pela presença do pecado:

“Mas aqueles que deixam a Palavra de Deus e procuram explicar Suas obras criadas por meio de princípios científicos, estão vagando sem mapa nem bússola em um oceano desconhecido… A Bíblia não deve ser provada pelas ideias científicas de homens. O saber humano é um guia indigno de confiança” Patriarcas de Profetas, 39 e 40.

“Não é em virtude de um poder inerente que a terra produz ano após ano sua abundância, e continua em seu giro ao redor do Sol. A mão de Deus guia os planetas, e os conserva em posição em sua bem ordenada marcha através dos céus. É por meio de Seu poder que verão e inverno, sementeira e sega, dia e noite se seguem em sucessão regular. É por meio de Sua palavra que a vegetação floresce, aparecem as folhas, desabotoam as flores. Todas as boas coisas que possuímos, todo raio de sol e toda chuva, todo bocado de pão, todo momento de vida, é um dom de amor.” O Maior Discurso de Cristo, 74, 75.

“O acúmulo de muitas coisas que promovem a concupiscência e a ambição tem trazido sobre o mundo o juízo de Deus.” Fundamentos da Educação Cristã, 409.

FCF

Editado sobre artigo escrito por Luís Carlos Fonseca em http://temasbblicos.blogspot.com.br

Editor: fabiodeps@gmail.com

Anúncios

, , , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • ” Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” Apocalipse 1:3

  • “Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom.” 1 Tessalonicenses 5:20-21.

  • "Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.
    E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;
    E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne."
    Judas 1:21-23

%d blogueiros gostam disto: