A FORMAÇÃO DO MUNDO – RESUMO E COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 2 – (5 a 12 de janeiro de 2013)

“E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos.
Eles perecerão, mas tu permanecerás; E todos eles, como roupa, envelhecerão,
E como um manto os enrolarás, e serão mudados. Mas tu és o mesmo, E os teus anos não acabarão.”
Hebreus 1:10-12

“[Oração de Moisés, homem de Deus] SENHOR, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração.
Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus.
Tu reduzes o homem à destruição; e dizes: Tornai-vos, filhos dos homens. “
Salmos 90:1-3

Deus separa a luz das trevas - Raffaello Sanzio

VERSO ÁUREO: “Porque assim diz o Senhor que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o Senhor e não há outro.”
Isaías 45:18
INTRODUÇÃO – Para um planeta que estava sem forma e vazio, Deus passou os primeiros três dias formando o mundo para a ocupação e os três últimos enchendo-o, e no sábado descansou das obras que havia feito. A lição desta semana concentra-se nos três primeiros dias da semana da criação. O universo foi criado antes de a terra ser habitada? Muitos argumentam que quando a terra foi criada com condições de vida, é que todo o universo também foi criado, mas embora as Escrituras não digam isso explicitamente, temos boas razões bíblicas para acreditar que o universo já existia muito antes do início da vida na terra. Em primeiro lugar, em Jó 38:4-6, Deus afirma que houve seres vivos que rejubilaram quando Ele formou o mundo. Isso implica que seres já criados viviam no universo antes da criação da terra. “A vinda de Cristo a este mundo foi um grande acontecimento, não somente para este planeta, mas para todos os outros mundos do Universo de Deus.” Meditação Matinal de 1989, 300 – A Minha Consagração Hoje. Perceba que certas condições para que houvesse vida aqui já foram providenciadas desde o princípio. A distância da terra, por exemplo, em relação ao sol foi assim providenciada. A velocidade da rotação da terra e a velocidade de seu curso em redor do Sol, tudo já estava previsto e adequadamente pronto. Deus organizou tudo e com os elementos que já havia providenciado, Ele criou todas as coisas. Um exemplo disso pode ser a separação da água e da terra que já existiam, mas estavam desordenadas.

DOMINGO (6 de janeiro) – SEM FORMA E VAZIA – “ Este é o texto para hoje: “No princípio criou Deus os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.” Gênesis 1:1-2. Quando a história começou, o planeta já estava aqui, mas ainda sem forma, vazio, escuro e úmido. Os versos seguintes descrevem como Deus primeiramente transformou o mundo em um lugar habitável e, em seguida, o encheu de criaturas vivas. O texto não nos diz exatamente quando as rochas e água da terra passaram a existir, diz apenas que o mundo não tinha sido sempre apropriado para a vida. O mundo se tornou adequado para as criaturas vivas unicamente porque Deus agiu para torná-lo assim. Deus falou e as coisas foram criadas e organizadas. Quando a terra foi trazida à existência, era inadequada para a vida. A Bíblia não diz nada sobre o período entre a criação original das rochas e da água e a criação do ambiente e das criaturas. Alguns estudiosos acham que não houve intervalo. Outros pensam que pode ter havido um longo período de tempo separando esses dois momentos da criação. A verdade é que não sabemos, e isso não tem muita importância. Seja qual for o caso, o material da terra foi criado por Deus e, em seguida, no momento de Sua escolha, Ele criou um ambiente propício para a vida. A organização das coisas no mundo, como foi no caso da terra, veio a partir da ação de um Ser infinitamente inteligente com uma inexplicável capacidade de planejar e de realizar o que planejou. Por mais que os evolucionistas forcem para dizerem que o universo evoluiu, fica difícil de acreditar nesta hipótese.

SEGUNDA-FEIRA (7 de janeiro) – HAJA LUZ – Este é o texto para hoje: “E disse Deus: Haja luz; e houve luz. E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. E Deus chamou à luz dia; e às trevas chamou noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.” Gênesis 1:3-5 O sol e a lua foram criados apenas no quarto dia da criação. Como poderia haver dia e noite antes da introdução do sol no relato da criação? Moisés certamente conhecia a ligação entre o sol e a luz do dia. Mesmo assim, apesar desse conhecimento óbvio, ele escreveu sobre a luz e as trevas no primeiro dia da criação. Ele foi obediente à revelação que recebeu e escreveu sobre a criação do 4º dia onde o sol, a lua e as estrelas foram criados. Em Apocalipse 21:23 diz assim: “E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem iluminado, e o Cordeiro é a sua lâmpada.” Apocalipse 21:23. Em Salmo 84:11 diz: “Porque o Senhor Deus é um sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não retirará bem algum aos que andam na retidão.” Salmo 84:11. Deus criou o sol, a lua e as estrelas não foi só para alumiar, mas também para controlar as estações como vemos no seguinte verso: “E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos.” Gênesis 1:14 O argumento mais aceito para conciliar este ponto é que Deus organizou o dia e a noite já no primeiro dia, e com a Sua luz Ele conservou os períodos claros e escuros até a chegada do sol e da lua no quarto dia. Outro ponto dessa passagem é que houve um período de escuridão e um período de luz que, juntos, formaram um dia. Muito tem sido escrito sobre o significado de “dia” na história da criação. Além disso, a luz é uma das características que acompanham a presença de Deus. Não precisamos supor que a luz tenha sido inventada no primeiro dia da criação, uma vez que Deus existia antes da criação da terra e Sua presença frequentemente é associada à luz. Ver I João 1:5 e Apoc 22:5. Na criação, a luz foi introduzida no planeta anteriormente escuro e pronto. Não precisamos argumentar muito sobre isso.

TERÇA-FEIRA (8 de janeiro) – O CÉU CRIADO – Este é o texto para hoje: “E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi. E chamou Deus à expansão céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo.” Gênesis 1:6-8 Que céu foi criado no 2º dia? Foi o céu atmosférico, pois o céu das estrelas só foi criado no quarto dia. Qual é a função do firmamento ou céu atmosférico? A função do firmamento ou expansão é separar as águas debaixo dele das águas acima dele. Usamos mais o termo “céu” e reconhecemos a divisão do espaço celeste em atmosfera, uma parte do nosso meio ambiente e o espaço além da nossa atmosfera, onde estão o sol, a lua e as estrelas. Em Gênesis 1:20 encontramos uma descrição de que as aves voam no céu, referindo-se ao céu atmosférico. “E disse Deus: Produzam as águas abundantemente répteis de alma vivente; e voem as aves sobre a face da expansão dos céus.” Gênesis 1:20. Deus criou primeiro a atmosfera para que se viabilizasse a vida na terra. Ele não criou a vida antes da atmosfera, nem antes da formação dos continentes. Havia uma ordem inteligente. A vida não veio a este planeta em condições incompatíveis com a vida como se tenta fazer crer pela teoria da evolução.

QUARTA-FEIRA (9 de janeiro) – ESPAÇO PARA VIVER – Quem surgiu primeiro o ovo ou a galinha? Veja este texto: “E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar; e apareça a porção seca; e assim foi. E chamou Deus à porção seca terra; e ao ajuntamento das águas chamou mares; e viu Deus que era bom. E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente está nela sobre a terra; e assim foi. E a terra produziu erva, erva dando semente conforme a sua espécie, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme a sua espécie; e viu Deus que era bom. E foi a tarde e a manhã, o dia terceiro.” Gênesis 1:9-13. A resposta a uma questão que perturba a humanidade há anos, “quem nasceu primeiro: o ovo ou a galinha?”, pode ter sido descoberta por um estudo feito com a casca de ovo. A descoberta foi publicada no “Structural Control of Crystal Nuclei by Eggshell Protein” (a tradução seria controle estrutural de núcleo de cristais na proteína da casca do ovo) e mostra que a ave teria surgido antes. Segundo a pesquisa, a casca do ovo é formada por uma substância que só é encontrada no ovário das galinhas. A proteína ovocledidin-17 (OC-17), que atua como um catalisador para acelerar o desenvolvimento da casca. O que possibilita um abrigo para a gema e para o filhote com a estrutura rígida. Após Deus ter criado a parte seca, logo Ele cobriu a terra de boa vegetação. Ou seja, a terra então ficou coberta de um tapete verde, de vários matizes, era a relva. Mas ao mesmo tempo, Ele também criou a erva que produzia sementes, como o trigo, cevada e outros vegetais. E criou ainda plantas maiores, as árvores, que produziam frutos. Aqui mais uma vez mostra a ordem perfeita da criação de Deus. No dia seguinte foi necessário a criação dos astros celestiais para controlar o processo da fotossíntese e o controle das estações. O conceito evolucionista de que a vegetação exuberante, organizada e bela que temos hoje originou e evoluiu de uma única vegetação está em contradição aberta da ordem bíblica da criação. A terra foi criada de forma tão perfeita que mesmo com a atuação perversa do homem contra a natureza, o planeta consegue suportar e dar o sustento e condições de vida para os seres vivos. É claro, já com muitas perdas e prejuízos. Ainda temos condições de viver aqui por mais um tempo até a volta de Cristo.

QUINTA-FEIRA (10 de janeiro) – A ONIPOTENTE PALAVRA DE DEUS – A Bíblia ensina que Deus criou do nada (ex nihilo), pelo poder de Sua palavra e sem conflito ou resistência sob qualquer forma. Veja estes textos sobre o poder da palavra de Deus: “Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste.” II Pedro 3:5 “Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo.” II Coríntios 4:6. “Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.” Isaías 55:11 A palavra de Deus transforma vidas de forma maravilhosa. Todos os que se rendem ao poder da palavra de Deus são transformados e experimentam a verdadeira felicidade. “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” Hebreus 4:12

SEXTA-FEIRA ( 11 de janeiro)– ESTUDO COMPLEMENTAR – “Quando a Terra saiu das mãos de seu Criador, era extraordinariamente bela. Variada era a sua superfície, contendo montanhas, colinas e planícies, entrecortadas por majestosos rios e formosos lagos. As colinas e montanhas, entretanto, não eram abruptas nem escabrosas, tendo em grande quantidade tremendos despenhadeiros e medonhos abismos como acontece hoje. As arestas agudas e ásperas do pétreo arcabouço da Terra estavam sepultadas sob o solo fértil, que por toda parte produzia um pujante crescimento de vegetação. Não havia asquerosos pântanos nem áridos desertos. Graciosos arbustos e delicadas flores saudavam a vista para onde quer que esta se volvesse. As elevações estavam coroadas de árvores mais majestosas do que qualquer uma que hoje existe. O ar, incontaminado por miasmas perniciosos, era puro e saudável.” Patriarcas e Profetas, p. 44.

“Como os habitantes de todos os outros mundos, devia [refere-se a Adão] ser sujeito à prova da obediência; mas nunca é levado a uma posição tal em que render-se ao mal se torne coisa forçosa. Nenhuma tentação ou prova se permite vir àquele que é incapaz de resistir. Deus nos proveu de tão amplos recursos, que o homem jamais ter-se-ia encontrado na contingência de ser derrotado no conflito com Satanás.” Patriarcas e Profetas, 331 e 332.

“Os santos habitantes de outros mundos estavam a observar com o mais profundo interesse os acontecimentos que se desenrolavam na Terra. Na condição do mundo que existira antes do dilúvio, viram o exemplo dos resultados da administração que Lúcifer se esforçara por estabelecer no Céu, rejeitando a autoridade de Cristo, e pondo à parte a lei de Deus” Patriarcas e Profetas, 78 e 79.

Editado de artigo escrito por Luís Carlos Fonseca em http://temasbblicos.blogspot.com.br

Editor: fabiodeps@gmail.com

Anúncios

, , , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • ” Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” Apocalipse 1:3

  • “Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom.” 1 Tessalonicenses 5:20-21.

  • "Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.
    E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;
    E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne."
    Judas 1:21-23

%d blogueiros gostam disto: