RITUAIS E CERIMÔNIAS DA IGREJA – RESUMO E COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 9 – 24/11 a 01/12 de 2012

” E, depois que João foi entregue à prisão, veio Jesus para a Galiléia, pregando o evangelho do reino de Deus,
E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho. “
Marcos 1:14-15

VERSO ÁUREO: “Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.” Atos 2:38

INTRODUÇÃO – As cerimônias e rituais da igreja foram instituídos por Deus para fazer-nos lembrar do Seu amor para conosco. Não há salvação nos ritos, é apenas uma boa lembrança dos cuidados de Deus para com os Seus filhos. Assim como no Velho Testamento havia necessidade da morte dos cordeiros e animais, e todo o ritual em torno disso, hoje Deus utiliza-se de alguns ritos para fazer-nos lembrar do Seu sacrifício e salvação que nos é oferecida.
O pecado ofuscou a comunicação direta que nossos pais tinham com Deus. E em face disso Deus comunicou para o homem, rituais e cerimônias para ensinar o caminho de retorno à comunhão com Ele.

Para Adão e Eva, e durante todo o Antigo Testamento Deus usou um ritual simples, mas dramático. Perante Adão e Eva, o primeiro cordeiro foi morto. Sem dúvida uma cena chocante para nossos primeiros pais.

Para os patriarcas, o ritual do substituto, sacrificado sobre o altar, continuou como método de ensino do caminho de retorno. Com Israel, como nação, esses rituais e cerimônias eram executados em todos os serviços do santuário, mas sempre tendo como centro o altar dos sacrifícios substitutos, apontando para o substituto real, Cristo.

Para a Igreja estabelecida depois da cruz, os rituais e cerimônias lembram a salvação realizada na cruz. Assim, o batismo, é a proclamação pública da decisão de viver para Cristo; o lava-pés, simboliza a rendição, a purificação e a reconciliação pela graça de Jesus; a santa ceia, a decisão e a recepção do poder da justiça de Cristo para viver a vitória sobre o pecado. As três cerimônias apontam para a realização da bendita esperança, a volta de Jesus.

Todos os ritos apontam para Jesus. Veja estes textos:“No dia seguinte, viu João a Jesus que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” João 1:29

“Porque, sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor, até que ele venha.” I Cor. 11:26

“Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.” Atos 2:38

“Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.” João 13:14-15

“A obra de Deus é a mesma em todos os tempos, embora haja graus diversos de desenvolvimento e diferentes manifestações de Seu poder, para satisfazerem as necessidades dos homens nas várias épocas… O Salvador tipificado nos ritos e cerimônias da lei judaica, é precisamente o mesmo que se revela no evangelho”. – Patriarcas e Profetas,373.

DOMINGO (25 de novembro) – ESPECIFICANDO OS RITOS SAGRADOS – Os cristãos que viviam sob a influência grega, no oriente, relacionavam os ritos da igreja como sendo um “mistério.” Já no lado do ocidente, onde o domínio da língua e cultura era o latim, eles relacionavam os ritos como sacramento.

O que era um sacramento? Era um juramento que um soldado romano fazia declarando sua obediência às ordens do comandante. Por muito tempo a igreja cristã usou este nome, mas depois escolheu um outro termo que melhor representa os ritos instituídos por Cristo. Dessa discussão surgiu o termo “ordenança”. Este termo ganhou forças, pois mostra as ordens que Jesus deixou para todos os fiéis.

Todas as vezes que o verbo leva a forma no imperativo; denota uma ordem.

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” Mateus 28:19-20

“Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.” João 13:14-15

“Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim. Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.” I Coríntios 11:23-26

Tendo em vista que no céu também vamos participar da santa-ceia, como podemos deixar de praticá-la aqui? Veja que os verdadeiros filhos de Deus devem obedecer não só os dez mandamentos, mas também todas as outras ordenanças do Senhor Jesus.

SEGUNDA-FEIRA (26 de novembro)  BATISMO – Quais são as diferenças entre o batismo por imersão e a circuncisão? A circuncisão era um sinal exterior, um sinal da carne, posto em todos os descendentes masculinos de Abraão, a fim de ficar como memorial da aliança que Jeová assim estabeleceu com Seu povo, O batismo por imersão, veio para substituir a circuncisão dos judeus, mas, ao compararmos os seus pormenores, notamos contrastes existentes entre ambos.

Veja alguns abaixo:

1. A circuncisão era um rito observado somente pelos homens, o batismo em água assume um caráter diferente, ele é extensivo e, abrange tanto os homens como as mulheres. Para se cumprir a ordem de Cristo, como símbolo da incorporação no corpo de Cristo, tanto os homens quanto as mulheres, precisam ser batizadas nas águas. “Mas, como cressem em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus, e do nome de Jesus Cristo, se batizavam, tanto homens como mulheres.” Atos 8:12

2. A circuncisão era administrada a partir do “oitavo dia” do nascimento do menino. Todo o menino hebreu era circuncidado ao oitavo dia do nascimento. Ver Gên. 17:12 e Lev 12:3, ao passo que, para a Igreja de Jesus Cristo, o batismo em água não pode ser administrado a um infante, de modo algum.

3. A circuncisão não exigia fé daqueles que se submetiam a este rito, já para a pessoa ser batizada exige requisitos que bebês não tem condições de oferecer.

Quais são as condições para uma pessoa ser batizada?

Ter Fé “Nele, também fostes circuncidados, não por intermédio de mãos, mas no despojamento do corpo da carne, que é a circuncisão de Cristo, tendo sido sepultados, juntamente com Ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos.” Col. 2:11 e 12

Arrepender-se: “E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.” Atos 2:38.

Pedir o batismo: “E agora por que te deténs? Levanta-te, e batiza-te, e lava os teus pecados, invocando o nome do Senhor.” Atos 22:16

Por que o batismo bíblico é tão importante? “Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.” Marcos 16:16

TERÇA-FEIRA (27 de novembro) ORDENANÇA DA HUMILDADE – O que significa o Lava-Pés?

Perdão: Jesus disse: “Se eu não te lavar, você não terá parte comigo”. Veja este texto: “A ordenança que precede a ceia do Senhor, deve remover esses desentendimentos, tirar o homem de seu egoísmo, fazê-lo baixar de seus tacões de exaltação própria à humildade de coração que o levará a servir a seu irmão.” Desejado de Todas as Nações, 486.

Purificação: Jesus disse: “Quem já se banhou, precisa apenas lavar os pés.” Veja este texto: “Recusando deixar Cristo lavar-lhe os pés, Pedro estava recusando a purificação superior incluída na mais humilde. Estava na verdade rejeitando seu Senhor.” DTN, 484.
Reconciliação: Jesus disse: “Vocês também devem lavar os pés uns dos outros.” Veja este texto: “A reconciliação de uns com os outros é a obra para a qual se instituiu a ordenança do lava-pés.” Evangelismo, 274.

Humildade: Jesus disse: “Eu lhes dei o exemplo, para que vocês façam como lhes fiz.” Veja este texto: “A grandeza única é a grandeza da humildade”. DTN, 486.

Lealdade: Jesus disse: “Felizes serão se as praticarem.” Veja este texto: “Este rito do lava-pés… foi posto como alguma coisa para provar e verificar a lealdade dos filhos de Deus… Ele Se propôs com isto provar o verdadeiro espirito do coração e da mente dos participantes.” Evangelismo, 275.

Jesus foi incrível não foi? “Quando corretamente praticada, os filhos de Deus são levados a uma santa relação mútua, de auxiliar e abençoar uns aos outros.” Meditação Matinal, 1959, 297. Você pratica o lava-pés?

QUARTA-FEIRA (28 de novembro) –  CEIA DO SENHOR – Onde está a diferença entre a Páscoa e a Santa Ceia? Na verdade há apenas uma grande diferença; é que depois da morte de Cristo não nos é exigido sacrifícios de animais, pois Jesus morreu uma única vez tornando-Se a nossa Páscoa “Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós.” I Coríntios 5:7

A Páscoa dos judeus significava apenas a libertação da escravidão do Egito; já a Santa-Ceia significa a libertação dos nossos pecados, o amor de Deus por nós, e a esperança da volta de Cristo:

Veja estes textos:

“A ordenança da ceia do Senhor foi dada para comemorar a grade libertação operada em resultado da morte de Cristo.” D.T.N, 488.

“Cristo instituiu este serviço para que ele nos falasse aos sentidos acerca do amor de Deus, expresso em nosso favor. Não pode haver união entre nossa alma e Deus, senão por meio de Cristo. A união e o amor entre irmão e irmão devem ser cimentados e feitos eternos pelo amor de Jesus.” Desejado de Todas as Nações, 493.

“Porque sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor até que ele venha.” ICo 11:26. “É unicamente por causa de Sua morte, que podemos esperar com alegria Sua segunda vinda. Seu sacrifício é o centro de nossa esperança.”D.T.N, 493

Você é obediente a este mandamento e sempre participa da Santa-Ceia?

QUINTA-FEIRA (29 de novembro) – ESPERANÇA NA SEGUNDA VINDA DE CRISTO – Este é o texto para hoje: “Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.” I Coríntios 11:26

Antes de Jesus voltar para o Pai, depois de cumprida a missão do cordeiro da páscoa, assegurando a certeza da salvação da escravidão do pecado, Jesus deu um firme fundamento para a esperança de Sua volta. Para os discípulos, a separação de seu mestre amado, era uma realidade que lhes oprimia o coração como um fardo quase impossível de suportar. Para que a certeza da esperança de Sua volta nunca perdesse o seu significado, Ele deixou a cerimônia da ceia: “Façam isto em memória de mim.” Lucas 22:19.
Mas para além disso, Ele prometeu voltar, e vai voltar. Quer as pessoas aceitem ou não, quer desejem ou não, quer estejam preparados ou não para a Sua volta; Ele vai voltar para buscar um povo santo e de boas obras.

Veja estas promessas: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.” João 14:1-3

“Este mesmo Jesus, que dentre vocês foi elevado aos céus, voltará da mesma forma como o viram subir.” Atos 1:11

“E digo-vos que, desde agora, não beberei deste fruto da vide, até aquele dia em que o beba novo convosco no reino de meu Pai.” Mateus 26:29

SEXTA-FEIRA (30 de novembro) ESTUDO  ADICIONAL – “Mas o serviço da comunhão não deve ser um período de tristeza… O serviço preparatório abrangeu tudo isso. O exame próprio, a confissão do pecado, a reconciliação dos desentendimentos, tudo já foi feito. Agora, chegam para se encontrar com Cristo. Não devem permanecer à sombra da cruz, mas à sua luz salvadora”. – Desejado de Todas as Nações, 492.

“O baptismo é um rito da máxima importância e santidade, e importa compreender bem o seu sentido. Simboliza arrependimento do pecado e começo de uma vida nova em Cristo Jesus. Não deve haver qualquer precipitação na administração desse rito. Pais e filhos devem avaliar os compromissos que por ele assumem.” Test. Igreja, vol 6, 93.

O batismo, significa que o recém-convertido morreu para o velho modo de viver. Esta é uma das principais importâncias representadas pelo batismo. O ensino de Paulo sobre a importância do batismo é bastante salientado nas suas epístolas, principalmente quando se refere a nossa identificação com Cristo. Não há como fugir desta realidade. Paulo compara o batismo em Romanos 6, como nossa rejeição do pecado e da dedicação à Cristo. Ele disse: “Como viveremos ainda no pecado, nós os que para ele morremos? Ou, porventura, ignorais que todos os que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos batizados na sua morte? Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim andemos nós em novidade de vida. Porque se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente o seremos também na semelhança da sua ressurreição.”Rom. 6:2-5.

 “Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.” Colossenses 3:1-3

Pr.Luís Carlos Fonseca em http://temasbblicos.blogspot.com.br
Editado por Fábio de Castro Ferreira (fabiodeps@gmail.com)

Anúncios

, , , , , , , , , , , ,

  1. #1 por Marcelo de Souza em 30 de novembro de 2012 - 6:22

    Muito bom este estudo, aprendi muito!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • ” Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” Apocalipse 1:3

  • “Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom.” 1 Tessalonicenses 5:20-21.

  • "Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.
    E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;
    E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne."
    Judas 1:21-23

%d blogueiros gostam disto: