VITÓRIA SOBRE AS FORÇAS DO MAL – RESUMO E COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 6 – (03 a 10/11/2012)

“Está bem; pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé. Então não te ensoberbeças, mas teme. “
Romanos 11:20

“Os anjos atribuem honra e glória a Cristo, pois nem mesmo eles estão seguros a não ser considerando os sofrimentos do Filho de Deus”
EGW 

VERSO ÁUREO: “Mas em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” Rom. 8:37

INTRODUÇÃO: É POSSÍVEL SER PERFEITO?  Este tema é um pouco polêmico: “Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste”. Mateus 5:48

Deus nunca propõe a Seus filhos padrão baixo. O versículo acima, entretanto, não quer dizer ser perfeito em sabedoria, como Deus o é, pois somos finitos. Não quer dizer perfeito em poder como Ele o é, porquanto Sua esfera é infinitamente mais alta que a nossa. Quer, porém, dizer que devemos amá-Lo perfeitamente, de todo o coração, entendimento, alma e forças. Isto é o que Deus deseja, pois Seus olhos “passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é totalmente dele”. Em algumas traduções encontramos: “cujo coração é perfeito para com Ele”. II Crôn. 16:9.
A palavra grega que aparece em Mateus 5:48 é teleios, literalmente significando, maduro, completo, que atingiu o alvo. Em I Cor. 14:20 Paulo emprega teleioi denotando física e intelectualmente homens amadurecidos.

O sentido de perfeito em Mateus 5:48 é que Deus exige de nós perfeição em nossa esfera como Deus O é na Sua. Deus deseja de nós o serviço mais perfeito que nos é possível prestar a Ele.

Joseph Angus em História, Doutrina e Interpretação da Bíblia, pág, 145, comentando a palavra “perfeição” assim se expressou: “A perfeição se acha definida em várias partes da Bíblia. O termo emprega-se em muitos lugares do Velho Testamento como sinônimo de retidão ou de sinceridade. (Sal. 37:37 em hebraico).Em o Novo Testamento, significa ou a posse de um claro e exato conhecimento da verdade divina, ou a posse de todas as graças do caráter cristão num grau maior ou menor. A primeira destas significações vê-se em Heb. 5:14, onde se diz que o “mantimento sólido é para os perfeitos, os quais já pelo costume têm os sentidos exercitados para discernir o bem e o mal”; e também se pode ver em I Cor. 2: 6 e em Fil. 3:15. A segunda definição vem em Tiago 1:4, onde “perfeito” significa o mesmo que “completo” na maneira de viver. Na Segunda Epístola de Pedro 1:5 se enumeram os dons que formam o cristão perfeito”.

A secção Consultoria Doutrinária da Revista Adventista, agosto de 1975, pág. 25, à consulta: Pode o cristão ser perfeito?, apresentou a seguinte resposta: “Se por ‘perfeição’ o consulente quer dizer ausência de pecado, então a resposta é de que jamais na terra alguém alcançará a perfeição. A não ser um presunçoso ou paranóico, ninguém, em sã consciência poderá afirmar estar sem pecado. Só Cristo pôde dizê-lo. Entretanto, os cristãos reais, os nascidos de novo, podem falar em serem perfeitos, desde que estão justificados pela fé. É que a perfeição de Cristo lhes é atribuída. Assim como Jesus foi considerado pecador da pior espécie quando na verdade era inocente, assim a pessoa que confia unicamente em cristo para salvar-se é considerada inocente, quando na verdade é culpada. Na epístola aos Romanos, Paulo, repetidamente, diz que os que confiam em Cristo para a salvação são considerados por Deus como perfeitos.”

DOMINGO (04 de novembro) – UM CENÁRIO PARA A NOSSA VITÓRIA
Este é o texto para hoje: “Tendo iluminados os olhos do vosso entendimento, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos; e qual a sobre-excelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder, que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à sua direita nos céus. Acima de todo o principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo o nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro; e sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja.” Efésios 1:18-22

O homem, criado à semelhança e imagem de Deus tornou-se prisioneiro e escravo de Satanás. Não somente um escravo, mas um escravo condenado à morte. O homem, por si mesmo não tinha condições de fugir da masmorra em que foi lançado, para algum outro lugar e livrar-se da escravidão, e muito menos, libertar-se da condenação à morte. “Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados… sem Cristo… sem esperança e sem Deus no mundo”. Efé 2:1 e 12

Todas as hostes do céu estão a nossa disposição para que a presença do pecado não faça parte da nossa vida. Paulo ora para que os santos compreendam a grandeza do poder que Deus manifestou em Cristo Jesus, morrendo como resgate em favor do filho raptado pelo diabo. Compreender a poderosa força da ressurreição de Cristo, que destruiu a morte e destruirá o autor da morte; compreender que os santos têm o Senhor e Rei, assentado à direita de Deus e acima de todo poder e domínio, é algo maravilhoso!
O sangue de Jesus, de forma simbólica, continua à nossa disposição: “Eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do testemunho que deram; diante da morte, não amaram a própria vida.” Apoc. 12:11

SEGUNDA-FEIRA ( 05 de novembro) – ESPERANÇA DE VITÓRIA
– Analise o texto para hoje: “E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.” Romanos 8:26

“Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” Romanos 8:35-39

Quem apenas obtém a vitória sobre as hostes do mal? São os filhos de Deus que mantém a devida comunhão com Jesus Cristo. Mas mesmo a comunhão pode ser traiçoeira se não for saudável e equilibrada. Na vida espiritual, não podemos cometer os mesmos erros da geração israelita do êxodo.

Veja este verso: “Aquele pois que cuida estar em pé, olhe, não caia.” I Cor.10:12. Alguns se acham “escolhidos” ou “chamados”, entendendo que são superiores aos demais seres humanos, porque alcançaram a salvação em Cristo Jesus. Nada mais enganoso. Tal sentimento não provém do Espírito Santo, mas dos nossos corações e devemos tomar cuidado pois o coração do homem é enganoso. Jer.17:9. Deus nos salvou porque quer que todos os homens se salvem e isto se deu única e exclusivamente por Sua graça. Ver Atos.15:11 e Efé.2:8.

Nós cremos, é bem verdade, mas até mesmo a fé veio através do ouvir pela Palavra de Deus. Rom.10:17, de modo que não há qualquer “atestado de superioridade” que possamos ostentar em virtude de nossa condição de servos do Senhor, mesmo perante os incrédulos.

O filho de Deus salvo por manter a esperança da glória é ousado na pregação do reino: ”Tendo, pois, tal esperança, servimo-nos de muita ousadia no falar.” II Co 3:12

TERÇA-FEIRA (06 de novembro) – CRISTÃOS VERSUS SATANÁS
– De um lado está o diabo e do outro está Cristo. A quem seguir? O conflito entre Cristo e Satanás, não está limitado apenas aos dois atores centrais, mas cada ser humano identifica-se com um dos poderes em conflito. Satanás e os demônios escravizam as suas vítimas. Cristo faz o convite e chamado para a liberdade. “ Todo aquele que vive pecando é escravo do pecado… Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres”. João 8:34 e 36.
A liberdade que Jesus nos confere significa inimizade contra Satanás:

Satanás é poderoso e está ativo: “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em redor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar.” I Pedro 5:8

Deus é mais poderoso e está disponível: “Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês.” Tiago 4:7

Submeter-nos a Deus, significa vestir “toda a armadura de Deus”. A armadura que Deus oferece para aquele que Cristo liberta da escravidão de Satanás é a Sua Palavra, a verdade; é a fé na vitória obtida por Cristo sobre a cruz; é a submissão à Sua justiça expressa nos Seus princípios de conduta; é a liderança do Espírito Santo em todas as nossas decisões; é o poder da oração que nos mantém unidos a Ele como a nossa fortaleza contra o inimigo. A vitória de Cristo é a certeza de nossa vitória.

Veja este verso: “Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e descansa à sombra do Todo-poderoso pode dizer ao Senhor: Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus em quem confio.” Sal 91:1 e 2

QUARTA-FEIRA (07 de novembro) EXEMPLOS DE VITÓRIA
– Os 12 discípulos foram vitoriosos: “Disse Jesus: E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.” Mateus 10:7-8
“E, saindo eles, pregavam que se arrependessem. expulsavam muitos demônios, e ungiam muitos enfermos com óleo, e os curavam.” Marcos 6:12-13

“E, convocando os seus doze discípulos, deu-lhes virtude e poder sobre todos os demônios, para curarem enfermidades. E enviou-os a pregar o reino de Deus, e a curar os enfermos.” Lucas 9:1-2

Os 70 discípulos tornaram-se vencedores. Ver Lucas 10 1:20. E nós somos vencedores? – Veja este texto: “É expressamente declarado que Satanás trabalha nos filhos da desobediência, não somente tendo acesso à mente deles, mas operando por meio de sua influência, consciente e inconsciente, para atrair outros à mesma desobediência. Se os anjos maus têm tal poder sobre os filhos dos homens em sua desobediência, quão maior poder têm os anjos bons sobre aqueles que estão se esforçando para serem obedientes! Quando pomos em Jesus Cristo a confiança, operando a obediência para a justiça, anjos de Deus operam em nosso coração para a justiça.” Mensagens Escolhidas vol.1, 94

QUINTA-FEIRA (08 de novembro) EXEMPLOS DE VITÓRIA (LIVRO DE ATOS)
– O livro de Atos dos Apóstolos revela a manifestação do poder do Espírito Santo logo após o Pentecostes. A Igreja apostólica nasceu sob o impacto da poderosa manifestação da vitória de Jesus sobre Satanás, no grande conflito espiritual. Os discípulos compreenderam com clareza a proclamação de Cristo: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra.” Mateus 28:18

Veja este texto: “Mas o Espírito Santo com divino poder convenceu o coração pelos argumentos. As palavras dos apóstolos eram como afiadas setas do Todo-Poderoso, convencendo os homens de sua terrível culpa em haverem rejeitado e crucificado o Senhor da glória… Com que abrasante linguagem vestiam suas ideias quando testificavam dEle.”Atos dos Apóstolos, 45 e 46.

Ação dos apóstolos: “E muitos sinais e prodígios eram feitos entre o povo pelas mãos dos apóstolos. E estavam todos unidos no alpendre de Salomão. Dos outros, porém, ninguém ousava ajuntar-se a eles; mas o povo tinha-os em grande estima. E a multidão dos que criam no Senhor, tanto homens como mulheres, crescia cada vez mais. De sorte que transportavam os enfermos para as ruas, e os punham em leitos e em camilhas para que ao menos a sombra de Pedro, quando este passasse, cobrisse alguns deles. E até das cidades circunvizinhas concorria muita gente a Jerusalém, conduzindo enfermos e atormentados de espíritos imundos; os quais eram todos curados.” Atos 5:12-16

Em Atos 3:1-11 – A cura de um homem aleijado.

Em Atos 16: 14-18 – Expulsão do espírito advinho de uma jovem.

Avaliemos as vitórias da Igreja no seu alvorecer. Se importantes eram as vitórias sobre Satanás, expulsando-o de vidas totalmente dominadas e com suas forças espirituais aniquiladas, não menos importantes foram as vitórias sobre o inimigo, libertando milhares, cujas mentes estavam embotadas, obscurecidas pelas filosofias de engano e aviltamento do ser humano.

O grande desafio é viver a vitória de Cristo em nossa vida: “Mostremos por nossa vida o que por nós fez a verdade.” Testemunhos Seletos, vol. 3, 51.

SEXTA-FEIRA(09 de novembro) – “Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele mesmo lhes providenciará um escape, para que o possam suportar.” I cor. 10:13

“A onipotente força do Espírito Santo é a defesa de toda alma contrita. A ninguém que, em arrependimento e fé, haja invocado Sua proteção, permitirá Cristo que caia sob o poder do inimigo. O Salvador Se acha ao lado de Suas criaturas tentadas e provadas. Com Ele não pode haver coisa como fracasso, perda, impossibilidade ou derrota; podemos fazer todas as coisas por meio dAquele que nos fortalece. Ao sobrevirem as tentações e provas, não espereis até haverdes ajustado todas as dificuldades, mas olhai a Jesus, vosso ajudador. Há cristãos que falam demais sobre o poder de Satanás. Pensam em seu adversário, oram a seu respeito, falam nele, e ele avulta mais e mais em sua imaginação. É certo que Satanás é um ser poderoso; mas, graças a Deus, temos um forte Salvador, que expulsou do Céu o maligno. Satanás regozija-se quando lhe engrandecemos a força. Por que não falar em Jesus? Por que não exaltar Seu poder e Seu amor?” Desejado de Todas as Nações, 347

Pr.Luís Carlos Fonseca.
(http://temasbblicos.blogspot.com.br)

Editado por:
Fábio de Castro Ferreira – fabiodeps@gmail.com

Ore ao Espírito Santo ao estudar a lição.

Anúncios

, , , , , , , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • ” Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” Apocalipse 1:3

  • “Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom.” 1 Tessalonicenses 5:20-21.

  • "Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.
    E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;
    E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne."
    Judas 1:21-23

%d blogueiros gostam disto: