Colégio e Igreja Adventista José Pardo em Cusco – Perú

Avenida Paseo de los Heroes

Colégio Adventista José Pardo – Igreja Adventista em Cusco no Perú

.

A autoridade municipal de Cusco designou ao Colégio Adventista José Pardo que fica anexo à Igreja Adventista em Cusco os cuidados e conservação dos jardins da Avenida Paseo de los Heroes (Passeio dos Heróis)

Note pelas fotos que a Escola Adventista é anexa à Igreja. Primeiro os ‘de casa’, e serve também como reforço para evangelização.

Mais informações de nossas igrejas em Cusco estão relacionadas no link seguinte:

IASD CuscoPerú

Abaixo seguem informações da cidade que é passagem obrigatória para quem quer conhecer o Perú e visitar Machu Picchu.

Cusco (em espanhol Cuzco ou Cusco, em quíchua Qosqo ou Qusqu) é uma cidade no Peru situada no sudeste do Vale de Huatanay ou Vale Sagrado dos Incas, na região dos Andes, com população de 300.000 habitantes. É a capital do departamento de Cusco e da província de Cusco.

Cusco é uma cidade muito alta (com 3400 metros de altitude). Seu nome significa “umbigo”, no idioma quíchua. Era o mais importante centro administrativo e cultural do Tahuantinsuyu, ou Império Inca. Lendas atribuem a fundação de Cusco ao Inca Manco Capac no século XI ou XII. As paredes de granito do palácio inca ainda estão lá, bem como monumentos como o Korikancha, ou Templo do Sol.

Depois do fim do império, em 1532, o conquistador espanhol Francisco Pizarro, invadiu e saqueou a cidade. A maioria dos edifícios incas foi arrasada pelos clérigos católicos com o duplo objetivo de destruir a civilização inca e construir com suas pedras e tijolos as novas igrejas cristãs e demais edifícios administrativos dos dominadores, desta forma impondo sua pretensa superioridade européia.

A maioria dos edifícios construídos depois da conquista é de influência espanhola com uma mistura de arquitetura inca, inclusive a igreja de Santa Clara e San Blas. Freqüentemente, são justapostos edifícios espanhóis sobre as volumosas paredes de pedra construídas pelos incas.

Korikancha ou ‘Templo do Sol’

De forma interessante, o grande terremoto de 1950, destruindo uma construção de padres dominicanos, expôs que esta fora erigida em cima do Templo do Sol, que curiosamente resistiu firmemente ao terremoto.

Esta teria sido a segunda vez que aquela construção dos dominicanos fora destruída, sendo que a primeira vez fora em 1650 quando a construção espanhola era bem diferente.

Outros exemplos da arquitetura inca são: a fortaleza de Machu Picchu que se situa no final da Estrada Inca, a fortaleza Ollantaytambo, e a fortaleza de Sacsayhuaman que fica aproximadamente a dois quilômetros de Cusco.

A área circunvizinha, situada no vale de Huatanay, tem uma agricultura forte, com o cultivo de milho, cevada, quinoa, chá e café, além da mineração de ouro.

O desenvolvimento urbano viu-se interrompido por vários terremotos que, em mais de uma ocasião, atingiram a cidade. Em 1650 um terremoto violento destruiu quase todos os edifícios coloniais. Durante este terremoto obteve grande importância a efígie do Senhor dos Terremotos que ainda hoje é levado anualmente em procissão.

Igreja da Companhia de Jesus

Em 1780 a cidade de Cusco viu-se convulsionada pelo movimento iniciado pelo cacique José Gabriel Condorcanqui, Tupac Amaru II que levantou-se contra a administração espanhola. Seu levantamento foi sufocado depois de vários meses de luta, quando foram postas em xeque as autoridades espanholas estabelecidas em Cusco. Tupac Amaru II foi vencido, feito prisioneiro e executado cruelmente junto com toda sua família na Praça de Armas de Cusco. Ainda hoje existe, na lateral da Igreja da Companhia de Jesus, a capela que serviu de prisão ao líder. Este movimento se expandiu rapidamente por todos os Andes e marcou o início de processo de emancipação sulamericano.

No século XIX, outro levantamento contra a administração espanhola teve lugar em Cusco. O brigadeiro Mateo Pumacahua, mestiço cusquenho, que havia enfrentado as forças de Tupac Amaru II, iniciou outro movimento junto com os irmãos Angulo para alcançar a independência do Peru. Este movimento também foi sufocado.

Época republicana
O Peru declarou sua independência em 1821 e a cidade de Cusco manteve sua importância dentro da organização político-administrativa do país. De fato, criou-se o departamento de Cusco que abrangia inclusive os territórios amazônicos até o limite com o Brasil. A cidade foi a capital deste departamento e a cidade mais importante do sudeste andino.

A partir do século XX, a cidade iniciou um desenvolvimento urbano num ritmo maior que o experimentado até esse momento. A cidade estendeu-se aos vizinhos distritos de Santiago e Wanchaq.

Em 1911, partiu da cidade a expedição de Hiram Bingham que o levou a descobrir as ruínas incas de Machu Picchu.

Em 1933 o Congresso de Americanistas realizado na cidade de La Plata, Argentina declarou a cidade como “Capital Arqueológica da América”. Posteriormente, em 1978, a 7a. Convenção de Prefeitos das Grandes Cidades Mundiais, realizado na cidade italiana de Milão declarou Cusco como a “Herança Cultural do Mundo”. Finalmente, a UNESCO em Paris, França declarou a cidade e especialmente seu centro histórico como “Patrimônio Cultural da Humanidade” em 9 de dezembro de 1983.

O governo do Peru, em concordância, declarou Cusco em 22 de dezembro de 1983, mediante a Lei Nº 23765 como a “Capital Turística de Peru” e “Patrimônio Cultural da Nação”. Atualmente, a Constituição Política de 1993 declara Cusco como a Capital Histórica do país.

Em 1950 outro terremoto sacudiu a cidade causando a destruição de mais de um terço de todos seus edifícios. A cidade começou a constituir-se como um foco importante de turismo e começou a receber um maior número de turistas.

Desde os anos 1990’s, a atividade turística tomou um especial papel na economia da cidade com a consequente ampliação de atividades hoteleiras. Atualmente Cusco é o principal destino turístico do Peru. Por sua parte a cidade mantém seu crescimento urbano, estendendo-se atualmente também aos distritos de San Sebastián e San Jerónimo.

fabiodeps@gmail.com

Anúncios

, , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • ” Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” Apocalipse 1:3

  • “Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom.” 1 Tessalonicenses 5:20-21.

  • "Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.
    E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;
    E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne."
    Judas 1:21-23

%d blogueiros gostam disto: