Comentários à Lição 6 (1ª parte) Escola Sabatina – Amigos para sempre – 04 a 07 de agosto de 2012

VERSO ÁUREO: “Para confortar os vossos corações, para que sejais irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo com todos os seus santos.” I Tessalonicenses 3:13

INTRODUÇÃO:
Paulo e os Tessalonicenses fizeram uma linda amizade! Para além daquela que caracteriza bons amigos, eles tinham o mesmo objetivo espiritual. Como estudamos anteriormente, os tessalonicenses passaram a imitar Paulo na sua vida como um todo, e ele passou a viver com os pensamentos ligados àquelas pessoas maravilhosas. Ao enfrentarem dificuldades, ao serem perseguidos, ou ameaçados, Paulo procurava orientar para que não se desligassem da fé em Cristo. A verdadeira amizade é comprometedora e envolvente.

Muita gente entra e sai em sua vida ao longo dos anos. Mas só os verdadeiros amigos deixam impressões em seu coração. Paulo ansiava passar a eternidade com os seus filhos espirituais, mas antes disso deviam passar pelas dificuldades e perseguições da vida; e a missão de Paulo foi a de incentivador da fé dos crentes. Ele mostrou que o originador de todo o impedimento dele tornar a visitar pessoalmente os tessalonicenses era o próprio diabo; e não apenas os judeus fanáticos ou as autoridades romanos. Estes apenas estavam sendo guiados pelo inimigo, como vemos no seguinte texto:
“Nós, porém, irmãos, sendo privados de vós por um momento de tempo, de vista, mas não do coração, tanto mais procuramos com grande desejo ver o vosso rosto; por isso bem quisemos uma e outra vez ir ter convosco, pelo menos eu, Paulo, mas Satanás no-lo impediu. Porque, qual é a nossa esperança, ou gozo, ou coroa de glória? Porventura não o sois vós também diante de nosso Senhor Jesus Cristo em sua vinda? Na verdade vós sois a nossa glória e gozo.” I Tessalonicenses 2:17-20

DOMINGO (5 de agosto) O EXEMPLO DA JUDEIA.
-O texto de hoje é o seguinte:
“Por isso também damos, sem cessar, graças a Deus, pois, havendo recebido de nós a palavra da pregação de Deus, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que crestes. Porque vós, irmãos, haveis sido feitos imitadores das igrejas de Deus que na Judéia estão em Jesus Cristo; porquanto também padecestes de vossos próprios concidadãos o mesmo que os judeus lhes fizeram a eles, os quais também mataram o Senhor Jesus e os seus próprios profetas, e nos têm perseguido; e não agradam a Deus, e são contrários a todos os homens, e nos impedem de pregar aos gentios as palavras da salvação, a fim de encherem sempre a medida de seus pecados; mas a ira de Deus caiu sobre eles até ao fim.” I Tessalonicenses 2:13-16.

Este texto mostra que um grupo de judeus perturbava o trabalho evangelístico de Paulo e de outros apóstolos. Estes judeus eram aliados dos romanos que observavam o roteiro dos apóstolos e procuravam atrapalhar a obra de Deus. Paulo não combatia contra os judeus, combatia sim apenas contra um grupo deles que deixava ser guiado pelo inimigo.

Mas o texto mostra também que um grupo na “judéia” continuava fiel aos ensinos de Cristo.

Como devemos tratar com os preconceitos que surgem no nosso caminho? Como reagimos em face de oposições que recebemos dos inimigos de Deus? Alguns reagem no mesmo nível, nós que somos espirituais devemos primeiro buscar a face do Senhor Deus em comunhão.

SEGUNDA-FEIRA (6 de agosto) A ESPERANÇA E A ALEGRIA DE PAULO
– Este é o texto para hoje:
“Nós, porém, irmãos, sendo privados de vós por um momento de tempo, de vista, mas não do coração, tanto mais procuramos com grande desejo ver o vosso rosto; por isso bem quisemos uma e outra vez ir ter convosco, pelo menos eu, Paulo, mas Satanás no-lo impediu. Porque, qual é a nossa esperança, ou gozo, ou coroa de glória? Porventura não o sois vós também diante de nosso Senhor Jesus Cristo em sua vinda? Na verdade vós sois a nossa glória e gozo.” I Tessalonicenses 2:17-20.

Como pai, ao longo do dia sinto saudades dos meus filhos. O Igor está no Brasil, e o Iuri está estudando fora de casa. Como pastor também sinto saudades dos bons momentos espirituais que tive com as igrejas por onde passei. Não é difícil compreender o sentimento de alegria e esperança que Paulo sentia ao escrever e receber notícias dos tessalonicenses, seus filhos na fé. Embora Paulo tivesse sido privado de visitar a igreja, ele intercedia e escrevia para continuar com o seu ministério pastoral.

A igreja de Tessalônica também ficava feliz e consolada com as cartas de Paulo. A irmã Ellen White faz uma linda descrição sobre a reação dos tessalonicenses ao lerem as cartas de Paulo:

“Ao ser a epístola de Paulo aberta e lida, grande alegria e consolação foi levada à igreja pelas palavras que revelavam o verdadeiro estado dos mortos. Paulo mostrava que os que estivessem vivos quando Cristo voltasse não iriam ao encontro do seu Senhor precedendo aos que tinham sido postos a dormir em Jesus. A voz do Arcanjo e a trombeta de Deus alcançariam os que estivessem dormindo, e os mortos em Cristo ressuscitariam primeiro, antes que o toque de imortalidade fosse dado aos vivos. “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.” I Tess. 4:16 e 17. A esperança e alegria que esta afirmação levou à jovem igreja de Tessalônica mal podem ser por nós apreciadas. Eles creram na carta que lhes foi enviada por seu pai no evangelho, apreciaram-na e seu coração se comoveu de amor por Paulo.” Atos dos Apóstolos, 258.

Temos proporcionado alegria e levado esperança ao coração das pessoas do nosso convívio?

TERÇA-FEIRA (7 de agosto) A VISITA DO SUBSTITUTO DE TIMÓTEO
– O texto de hoje está em I Tessalonicenses 3:1-5.
O substituto nunca é igual ao titular. Mas, neste caso Timóteo, além de ter sido treinado por Paulo, era um grande pastor que deu o melhor atendimento àquela igreja. E a tônica da visita foram as provações que eles estavam passando devido a perseguição que sofriam.

Veja este lindo texto: “As provações da vida são obreiras de Deus, para remover de nosso caráter impurezas e arestas. Penoso é o processo de cortar, desbastar, aparelhar, lustrar, polir; é molesto estar, por força, sob a ação da pedra de polimento. Mas a pedra é depois apresentada pronta para ocupar seu lugar no templo celestial. O Mestre não efetua trabalho assim cuidadoso e completo com material imprestável. Só as Suas pedras preciosas são polidas, como colunas de um palácio.” O maior discurso de Cristo, 10
Que três coisas Paulo desejava que Timóteo fizesse por ele?
1) Confortar e exortar – “E enviamos Timóteo, nosso irmão, e ministro de Deus, e nosso cooperador no evangelho de Cristo, para vos confortar e vos exortar acerca da vossa fé.” I Tessalonicenses 3:2
2) Dirigir Palavras de encorajamento – Paulo queria que Timóteo enviasse palavras de encorajamento e apoio que viessem ajudar eles terem a fé desenvolvida em face das provas e tribulações: “Pois, estando ainda convosco, vos predizíamos que havíamos de ser afligidos, como sucedeu, e vós o sabeis.” I Tessalonicenses 3:4.
3) Levantar um relatório – Os pais desejam saber sobre os filhos, em seu pormenor. Os verdadeiros amigos não guardam segredos entre si. Paulo e a igreja estavam comprometidos não somente pela amizade, mas também pela esperança da salvação em Cristo Jesus. Havia uma cumplicidade cristã entre eles: “Portanto, não podendo eu também esperar mais, mandei-o saber da vossa fé, temendo que o tentador vos tentasse, e o nosso trabalho viesse a ser inútil.” I Tessalonicenses 3:5

Temos desenvolvido os nossos relacionamentos com os membros da igreja para suportarmos as provações do inimigo?

 

Anúncios

, , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • ” Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.” Apocalipse 1:3

  • “Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom.” 1 Tessalonicenses 5:20-21.

  • "Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.
    E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;
    E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne."
    Judas 1:21-23

%d blogueiros gostam disto: